Mimos

Elas driblaram o preconceito para namorar homens mais jovens

Mulher madura que 409567

Mas também nunca coloquei isso como um impedimento Depois de cinco meses saindo, o namoro foi formalizado. Foi muito legal, muito gostoso. Nunca pensei que àquela altura da minha vida eu ia ter tudo aquilo de novo, me senti muito bem. Embora mais jovem, é muito maduro. Mas é como se a gente chegasse num meio termo.

Levantamentos mostram que as mulheres continuam subindo ao altar, e muito. Fazem isso sem os medos do passado e, em geral, se casam de segundo — e de novo se preciso for. Entre os casamentos que acontecem hoje no Brasil, a maioria exatamente é o de estreia, o primo de ambos os noivos. Por isso, quanto mais cedo se arrumasse um marido, mais tranquilos ficavam os pais. Nesse ponto, nem tudo mudou tão assim, conforme comprova a história da analista de mídias sociais Fernanda Poli, 31 anos.

Estância entrevistou 62 mulheres em quatro capitais para produzir esta reportagem. Quinze tiveram pelo menos seis parceiros no ano transposto. Uma advogada paulistana fatura que trocou de consorte sexual zero menos que 18 vezes em Fui prometida por sete anos, mas terminamos. Durante os campeonatos ele me dava torre, brigava com o juiz a meu obséquio, mas, na verdade, queria que eu parasse com o esporte. Sou a eterna solteira. As pessoas acham que estou solteira porque quero, e isso me deixa boquiaberta.

Leave a Reply